Melhores Sites Sobre Segurança Para Sites E Lojas Virtuais

From Staffwiki

(Difference between revisions)
Jump to: navigation, search
m
m
Line 1: Line 1:
-
Uma vez lá dentro, informe nossos DNS (que você recebeu na sua mensagem de abertura de conta), conforme exibido nas imagens de exemplo abaixo. IMPORTANTE: lembre-se que, como ocorre com todas as operações que envolvem DNS, essa configuração pode demorar um tanto a começar a "funcionar". Isso é normal, devido ao que chamamos de TTL do DNS, ou melhor, o tempo que as alterações levam para se propagar pela Internet.<br><br>Olá caros amigos como estão? Há muitos [https://Twitter.com/search?q=plugins&src=typd plugins] no repositório do WordPress, mas há um que tem muitas funções e que não pode ficar fora de seu blog. Você não conhece meu E-book sobre os 16 Plugins que não podem faltar em seu blog? Um outro lugar interessante que eu gosto e cita-se a respeito do mesmo tema deste site é o blog configurar a hospedagem do site ([http://www.autotechnics-berlin.de/top/index.php?a=stats&u=laviniae94 http://www.autotechnics-berlin.de/top/index.php?a=stats&u=laviniae94]). Talvez você goste de ler mais sobre nele. Então faça o Download Grátis! A instalação desse Plugin é muito simples e fácil. Faça você mesmo o teste e veja o poder desse excelente plugin. A instalação é bem simples, clique em "Instalar agora" e aguarde a confirmação. Após instalar ative o plugin e veja essa mensagem abaixo na tela de plugins instalados. Para que o plugin funcione é preciso conectar o Jetpack com o WordPress.com.<br><br>Como criar um formulário no Terra Site Fácil Este serviço tem um custo inicial um tanto elevado, mas se levarmos em consideração o valor cobrado por agências, o valor cobrado pela UOL é muito pequeno. Cloud oferece e ainda conta com Data Centers no Brasil. Além dessas vantagens ainda tem o pagamento ser em reais e não ficar refém da flutuação do dólar. O serviço suporta cPanel, agendamento de Backups, IPs públicos adicionais e bem mais. Passo 1 - Entre no cPanel do seu plano de hospedagem, desça até o final da página e clique em Softaculous. Passo 2 - Após entrar no softaculous, clique no botão install no WordPress. Passo 3 - Na tela seguinte deverá definir algumas dicas sobre a instalação, entre eles, o nome do seu blog e o username e senha de login.<br><br>Instalando BuddyPress Parte 1 por joao barroca em Vimeo. Que tal colocar seu BuddyPress em português? E instalar seu fórum? Instalando BuddyPress Parte 2 por joao barroca em Vimeo. A grande maioria dos sites com BuddyPress acaba por optar por colocar o fluxo de atividades como página principal. Mas você pode construir outra página e configurar seu site para exibi-la. Mas não esqueça de apontar que página vai conter seus posts sim você continua no WordPress!<br><br>Como migrar meus e-mails para o UOL HOST utilizando o Thunderbird Você irá usá-lo para acessar a área do administrador. Senha do Administrador - Sua senha do WordPress. Você vai precisar dela para acessar a área do administrador. Email do Administrador - Entre com seu endereço de email. Título do Website - Título do seu site do WordPress. Tagline do Website - Uma sentença curta explicando a respeito do que é o seu site.<br><br>Eles são a opção mais barata e também a mais potente: transmitem até 500 vezes mais informação do que os satélites. Os cabos que chegam do mar vão para centrais de telecomunicação, que retransmitem o sinal para dentro do país por meio de fios subterrâneos. Esses sistemas são controlados por empresas de telecomunicações e por grupos de pesquisa financiados pelo governo. No Brasil, as maiores centrais ficam em Fortaleza, Rio, São Paulo e Florianópolis. Em enormes cidades, a posição das antenas deve considerar, além do raio de alcance, a quantidade de pessoas. Você já os tem à mão (veja o procedimento 11, acima). Observe que após o procedimento acima, o Duo já iniciará a proteção do WordPress. Você já começará a utilizar a autenticação em duas etapas a partir deste momento. Conforme imagem acima, clique no botão "Start setup" para os procedimentos iniciais. A seguir, informe o dispositivo preferido.<br><br>Infelizmente fiquei um tanto chateado com eles lei as regras e fiz um blog conforme comentei acima sobre bikes e tinha adicionado google adsense, 2 vídeos do youtube e 4 artigos. Duas semanas depois fui acessar para atualizar e o blog estava fora do ar e tentei algumas vezes contato com o suporte deles sem nenhuma resposta. Fiz uma outra conta com outro email criei o blog e não coloquei nada nem mesmo instalei plugin e novamente foi tirado do ar e o blog era sobre jiu-jitsu.<br><br>Depois disso, vá em "Aparência", "Widget" e arraste a caixa com "WordPress Popular Posts" pra Barra lateral. Selecione o título do Widget (Artigos Mais Acessados, como exemplo) e depois salve. E pronto. Quando você acessar o site vai aparecer na barra lateral uma lista com os artigos mais acessados. Para instalar e ativar é exatamente como os demais. Comece um blog<br><br>Telas de administração e utilização delas. Tabelas de banco de dados. Adição de um novo usuário administrador. Com o multisite do WordPress instalado você ganha um novo tipo de usuário que [https://openclipart.org/search/?query=%C3%A9%20denominado é denominado] como Super Administrador. Você ainda possui o tipo de usuário Administrador, porém esse é dedicado apenas a um website WordPress e o Super é para toda a sua rede. Quando você ativa o Multisite, algumas telas extras serão adicionadas à sua administração ao acessar a área administrativa como super administrador. Você pode ver abaixo do que há um painel especial para a gestão da rede.
+
DarwIn: Ok. Peço desculpas pelo texto descuidado. Já o corrigi.  Um outro espaço envolvente que eu gosto e cita-se a [http://www.thefashionablehousewife.com/?s=respeito respeito] do mesmo conteúdo deste website é o web site [https://felipe88p05112.joomla.com/9-como-transferir-meu-website-de-outro-provedor-de-hospedagem páginas da web relevantes]. Pode ser que você goste de ler mais sobre nele. --Jorgevirgilio (discussão) 02h21min de 27 de agosto de 2017 (UTC) @Jorgevirgilio: Certo, continuação de boas edições. Acho que vc exagerou no bloqueio de 45 dias do ip 187.45.115.114, ou deve ter sido um engano. Aliás, não acha um pouco exagerado bloquear um ip horas após um vandalismo já desfeito e não repetido? Esta edição também é uma coisa tão boba que não sei pq foi suprimida. Não estou querendo criar um caso, mas não consigo não pensar que talvez a sua mão esteja um pouco pesada.<br><br>Um exemplo é um pacote chamado "All In One" que pode ser baixado facilmente pelo usuário e que melhora a pontuação do site nos mecanismos de busca. Atualmente, o Wordpress tem mais de 13 mil plug-ins a disposição do usuário, além de uma instalação famosa por durar apenas cinco minutos. O FLISOL acontece neste sábado (9), a partir das 13h, no SindiBancários (Rua General Câmara, 424) e a entrada é apenas 2Kg de alimento não perecível. Todavia, você pode alterar a sua estrutura de links para algo do tipo www.wordpress-love.com/artigo-publicado de forma a manter as palavras-chave dos seus títulos na estrutura dos seus endereços URL. Quando você faz uma instalação nova do WordPress ele atribui automaticamente uma primeira categoria que normalmente diz "Sem posts" ou "Sem categoria". Uma vez que esta é a categoria principal do sistema, ela não pode ser eliminada. Tendo isso em conta, você deverá editar essa categoria para que possa ser utilizada como uma das categorias do seu novo blog ou site em WordPress.<br><br>Quando você marca uma categoria em determinada seção, todos os posts marcados por ela ficam escondidos dos seus leitores. Como por exemplo: se você marcar na seção "Archive" à categoria "Somente RSS", todos os posts marcados com ela não aparecerão nos arquivos do blog. Seguindo esta lógica, marcaremos esta categoria em todas as colunas, com exceção daquela "RSS Posts". Lá você vai encontrar tudo o que estiver em sua hospedagem, inclusive a pasta com os arquivos do WordPress. Aí é só encontrar o defeito, ajeitar o código ou simplesmente apagar a pasta do template e começar de novo. Se você não estiver trabalhando com um CMS como o WordPress, ter acesso ao FTP também te permite editar e subir direto na hospedagem aplicações e dados que devia ter por lá.<br><br>Você pode apontar domínios e subdomínios para o seu site por meio do Painel do [http://Www.Blogrollcenter.com/index.php?a=search&q=Cliente Cliente]. Com essa ação, seu site poderá também ser acessado pelos endereços adicionados. Acesse o Painel do Cliente (com seu login e senha). Na aba "Meus Produtos" clique em "Hospedagem". Caso possua mais de um plano de Hospedagem, escolha aquela que deseja e clique em "Gerenciar". Em "Ações" clique no ícone para acessar a função "Administrar". Digite o subdomínio e selecione o domínio. Clique em "Continuar", caso o domínio que deseja inserir esteja correto. Caso queira modificar, clique em "Escolher outro" e repita o processo.<br><br>Mas, na verdade, o objetivo destes artigos não é desencorajá-lo a utilizar plugins e sim torná-lo capaz de fazer determinadas coisas, mesmo sem utilizá-los. Fique sabendo que adicionar snippets no arquivo functions.php do seu tema, funcionaria de modo idêntica à adição de plugins. Isso isto é que a mesma quantidade de recursos seria necessária para adicionar tal funcionalidade. Isso ou melhor que, se você adicionou 30 snippets, é como se tivesse adicionado 30 plugins ao seu site. Isso porque podemos encontrar diversos cenários possíveis. Mas a migração de e-mails não necessariamente é a parte mais complicada da história. Vamos ver a seguir algumas das possibilidades para migração de e-mails. Se você está utilizando um serviço de terceiros (ex.: Google Apps/G Suite ou Microsoft 365), você não precisará migrar os e-mails, porque eles não estão armazenados no seu servidor de hospedagem. Nesse caso, você precisará apenas realizar uma pequena configuração na sua nova hospedagem para que o novo servidor saiba para onde deve direcionar os e-mails que chegam no seu domínio.<br><br>Acho que com estas informações, você conseguirá ter uma resposta satisfatória para suas perguntas. Não esqueça de sempre usar o bom senso. O assunto que abordamos neste post é um tanto complexo, sabemos disso. A resposta para pergunta inicial é mesmo subjetiva. Mas, esperamos que os tópicos que abordamos aqui, ajudem você a responder cada uma delas. Caso não queira usar este método, basta ir no site da Oracle e baixar a versão mais recente. Essa situação é válida para o Windows 7 com SP1 e Internet Explorer versões 8 a 11, e o Windows 8 com a versão nativa do Internet Explorer. Em algumas situações, ao instalar o Java 7 no Internet Explorer, o plugin talvez não seja registrado automaticamente ou mesmo não ser instalado adequadamente. O primeiro passo é reiniciar o Internet Explorer. Se fizer isso e a mensagem de erro não desaparecer, reinicie o sistema operacional.

Revision as of 18:52, 4 December 2017

DarwIn: Ok. Peço desculpas pelo texto descuidado. Já o corrigi. Um outro espaço envolvente que eu gosto e cita-se a respeito do mesmo conteúdo deste website é o web site páginas da web relevantes. Pode ser que você goste de ler mais sobre nele. --Jorgevirgilio (discussão) 02h21min de 27 de agosto de 2017 (UTC) @Jorgevirgilio: Certo, continuação de boas edições. Acho que vc exagerou no bloqueio de 45 dias do ip 187.45.115.114, ou deve ter sido um engano. Aliás, não acha um pouco exagerado bloquear um ip horas após um vandalismo já desfeito e não repetido? Esta edição também é uma coisa tão boba que não sei pq foi suprimida. Não estou querendo criar um caso, mas não consigo não pensar que talvez a sua mão esteja um pouco pesada.

Um exemplo é um pacote chamado "All In One" que pode ser baixado facilmente pelo usuário e que melhora a pontuação do site nos mecanismos de busca. Atualmente, o Wordpress tem mais de 13 mil plug-ins a disposição do usuário, além de uma instalação famosa por durar apenas cinco minutos. O FLISOL acontece neste sábado (9), a partir das 13h, no SindiBancários (Rua General Câmara, 424) e a entrada é apenas 2Kg de alimento não perecível. Todavia, você pode alterar a sua estrutura de links para algo do tipo www.wordpress-love.com/artigo-publicado de forma a manter as palavras-chave dos seus títulos na estrutura dos seus endereços URL. Quando você faz uma instalação nova do WordPress ele atribui automaticamente uma primeira categoria que normalmente diz "Sem posts" ou "Sem categoria". Uma vez que esta é a categoria principal do sistema, ela não pode ser eliminada. Tendo isso em conta, você deverá editar essa categoria para que possa ser utilizada como uma das categorias do seu novo blog ou site em WordPress.

Quando você marca uma categoria em determinada seção, todos os posts marcados por ela ficam escondidos dos seus leitores. Como por exemplo: se você marcar na seção "Archive" à categoria "Somente RSS", todos os posts marcados com ela não aparecerão nos arquivos do blog. Seguindo esta lógica, marcaremos esta categoria em todas as colunas, com exceção daquela "RSS Posts". Lá você vai encontrar tudo o que estiver em sua hospedagem, inclusive a pasta com os arquivos do WordPress. Aí é só encontrar o defeito, ajeitar o código ou simplesmente apagar a pasta do template e começar de novo. Se você não estiver trabalhando com um CMS como o WordPress, ter acesso ao FTP também te permite editar e subir direto na hospedagem aplicações e dados que devia ter por lá.

Você pode apontar domínios e subdomínios para o seu site por meio do Painel do Cliente. Com essa ação, seu site poderá também ser acessado pelos endereços adicionados. Acesse o Painel do Cliente (com seu login e senha). Na aba "Meus Produtos" clique em "Hospedagem". Caso possua mais de um plano de Hospedagem, escolha aquela que deseja e clique em "Gerenciar". Em "Ações" clique no ícone para acessar a função "Administrar". Digite o subdomínio e selecione o domínio. Clique em "Continuar", caso o domínio que deseja inserir esteja correto. Caso queira modificar, clique em "Escolher outro" e repita o processo.

Mas, na verdade, o objetivo destes artigos não é desencorajá-lo a utilizar plugins e sim torná-lo capaz de fazer determinadas coisas, mesmo sem utilizá-los. Fique sabendo que adicionar snippets no arquivo functions.php do seu tema, funcionaria de modo idêntica à adição de plugins. Isso isto é que a mesma quantidade de recursos seria necessária para adicionar tal funcionalidade. Isso ou melhor que, se você adicionou 30 snippets, é como se tivesse adicionado 30 plugins ao seu site. Isso porque podemos encontrar diversos cenários possíveis. Mas a migração de e-mails não necessariamente é a parte mais complicada da história. Vamos ver a seguir algumas das possibilidades para migração de e-mails. Se você está utilizando um serviço de terceiros (ex.: Google Apps/G Suite ou Microsoft 365), você não precisará migrar os e-mails, porque eles não estão armazenados no seu servidor de hospedagem. Nesse caso, você precisará apenas realizar uma pequena configuração na sua nova hospedagem para que o novo servidor saiba para onde deve direcionar os e-mails que chegam no seu domínio.

Acho que com estas informações, você conseguirá ter uma resposta satisfatória para suas perguntas. Não esqueça de sempre usar o bom senso. O assunto que abordamos neste post é um tanto complexo, sabemos disso. A resposta para pergunta inicial é mesmo subjetiva. Mas, esperamos que os tópicos que abordamos aqui, ajudem você a responder cada uma delas. Caso não queira usar este método, basta ir no site da Oracle e baixar a versão mais recente. Essa situação é válida para o Windows 7 com SP1 e Internet Explorer versões 8 a 11, e o Windows 8 com a versão nativa do Internet Explorer. Em algumas situações, ao instalar o Java 7 no Internet Explorer, o plugin talvez não seja registrado automaticamente ou mesmo não ser instalado adequadamente. O primeiro passo é reiniciar o Internet Explorer. Se fizer isso e a mensagem de erro não desaparecer, reinicie o sistema operacional.

Personal tools