O Guia Definitivo Para Colocar Seu Site No Ar

From Staffwiki

Revision as of 15:53, 23 November 2017 by JooGuilhermeToma (Talk | contribs)
Jump to: navigation, search

Depois da instalação do plugin, o administrador do blog pode incluir as reações em posts e páginas estáticas. A ferramenta traz as reações Happy (Feliz), Indifferent (Indiferente), Amused (Divertido), Excited (Chorando de rir), Angry (irritado) e Sad (Triste). Além do mais, também dá a liberdade do administrador mudar o nome de cada uma para outro no seu próprio idioma ou alguma gíria do seu nicho. A instalação do plugin é simples e é feita da mesma maneira que todos os demais.

O que é um provedor de hospedagem de sites? Você sabe o que é um provedor de hospedagem de site? Atualmente, com a facilidade de se criar e configurar um website, qualquer empreendedor opta por ter a sua "casa na internet". Para criá-la, por sua vez, é necessário seguir algumas etapas, e uma delas é contratar um provedor de hospedagem de sites. Para quem não entende muito do assunto, o nome pode assustar.

Vamos dar uma olhada em cada uma dessas opções para determinar qual é a melhor solução para você. Existem hospedagens grátis disponíveis, mas a maioria deles tem alguma pegada. Normalmente, você pode encontrar hospedagem WordPress gratuita sendo oferecida em fóruns online, pequenos grupos ou até já no Google. Na maioria dos casos, elas são controladas por alguém que esta revendendo uma pequena parte do próprio servidor para conseguir algum dinheiro. Frequentemente a "pegada" serve para que você coloque um banner em seu site. Ao inicia-lo, você já pode entrar com sua conta Wordpress ou adicionar seu site hospedado. Caso ainda não tenha uma conta, clique em "Criar conta" e preencha os campos com e-mail, nome, senha e endereço do blog. A versão mobile é dividida em 4 seções. A primeira dá acesso a opções ao site e o seu status atual, além de opções para publicar ou gerenciar posts, mídias, páginas e comentários, mudar a aparência e outras configurações avançadas. Na segunda seção, você tem acesso a outros blogs populares de outros usuários e a opção de segui-los ou comentar e curtir. A terceira seção permite acessar as configurações de conta, ajuda e suporte ou desconectar do Wordpress. Afinal de contas, a quarta e última seção dá acesso às notificações do app.

Se em vez disso você estiver usando uma API para alimentar um aplicativo com dados atuais, você ainda assim estará fazendo uso de um banco de dados, só estará deixando alguém hospedá-lo pra você. Isso é muito mais fácil, mas também apresenta riscos, porque você acessa os detalhes segundo a vontade de quem hospeda o banco. Potencial trocadilho semântico: às vezes, um aplicativo não está acessando diretamente um banco de dados para buscar informações.

Passo 3. Caso haja uma atualização disponível, clique em "Atualizar automaticamente". Passo 4. Se o seu servidor não estiver configurado pro WordPress, o sistema pedirá um login e senha. Esses dados são obtidos com o seu provedor de hospedagem e são os mesmos do servidor de FTP. Feito isso, o WordPress fará o download, descompactará, atualizará os arquivos e será atualizado sem problemas. Passo 5. Se você estiver com problemas de permissão de arquivos e outros erros na atualização automática, uma alternativa é atualizar o WordPress manualmente.

Dica: escolha a estrutura que fizer mais sentido dentro da realidade do seu site ou blog. O que deve aparecer na página inicial do seu site? Se você está construindo um site, faz sentido habilitar a opção de mostrar uma página estática, a título de exemplo. Já no caso de um blog, você pode preferir que os usuários visualizem seus posts mais recentes. Você também pode definir quantos posts vai mostrar em cada página, se prefere mostrar um resumo ou texto completo de seus artigos. Todas estas configurações você pode fazer facilmente no painel de administração do WordPress.

Descompacte todos os arquivos para um diretório em seu computador. Para enviar os arquivos conecte-se ao FTP de seu site utilizando seu software preferido. Se ainda não tiver um simples e funcional é o FileZilla. O acesso ao FTP pode ser feito no nome de seu site como servidor, seu login e senha de FTP que são os mesmos do cPanel. Verifique também que o pacote do WordPress que fez download possui um diretório chamado wordpress. Descompacte o arquivo .zip do WordPress dentro da pasta www. Com os arquivos no lugar correto, abra seu navegador e digite na barra de endereço a palavra "localhost". Ou se desejar, clique no ícone do Wamp na barra de ferramentas, e selecione a opção "Localhost" (que é a primeira do menu). Role a tela e procure dentro de "Your Projects" a pastinha do WordPress. Toda pasta que você colocar dentro do diretório "www", será exibida aqui. Desta maneira fica fácil acessar rapidamente qualquer um dos sites que você criar no Wamp.

Vá até a aba Temas para visualizar os temas configurados para aquele site Finalmente você chegou no Painel de controle do Wordpress! Agora, basta configurá-lo de acordo com suas necessidades. Depois de fechar o WAMP, você vai querer saber como encontrar o Wordpress. Para voltar para o Painel de controle do Wordpress e fazer as alterações desejadas, digite o URL http://localhost/wp-admin. Artigo original publicado por ChristinaCCM. Tradução feita por pintuda. Este documento, intitulado 'Como instalar o wordpress (wiki.Dacal.com.tw) localmente no PC', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença.

Personal tools